TENHO DIABETES, POSSO INGERIR BEBIDA ALCOÓLICA? – Diário do Diabetes
Alimentação Saudável

TENHO DIABETES, POSSO INGERIR BEBIDA ALCOÓLICA?

 Pacientes que convivem com o diabetes devem estar cientes que, o álcool é capaz de influenciar tanto na hiperglicemia quanto na hipoglicemia. Somada as restrições de faixa etária menor de 18 anos, gestantes, lactantes, pacientes com pancreatite, excesso de tiglicerídios e/ou neuropatia diabética, é fundamental enfatizar que o etanol interfere na ação dos medicamentos antidiabéticos orais, o que dificulta a retirada da hipoglicemia.

  Ademais, o álcool não deve ser consumido por aqueles que estão em uso dos seguintes medicamentos: glibenclamida, biguanidas ou sulfonilureais, já que, esses medicamentos podem ocasionar hipoglicemia grave, aumentando o risco de acidose láctica, desencadeando taquicardia, que representa os batimentos cardíacos por minuto acima da meta.

   Devido aos fatores mencionados anteriormente, existem alguns cuidados que devem ser empregados antes do indivíduo com diabetes consumir bebidas alcoólicas:

  • Evitar ingesta de bebida alcoólica em jejum, sempre consumir com uma refeição, como por exemplo, almoço jantar/lanche);
  • Evitar o consumo se nível glicêmico <70 mg/dL;
  • Não ultrapassar 1 dose/dia para mulheres e 2 doses/ dias para homens, sendo uma dose equivalente a 360ml de cerveja, 1 taça de 150ml de vinho ou 45 mL de bebida destilada. É válido dar ênfase que, o álcool tem calorias (1g de etanol= 7 Kcal). Portanto, posteriormente ao episódio de hipoglicemia, a ingestão de bebida alcoólica sucederá a hiperglicemia, dessa forma, o consumo deve ser realizado moderadamente e com responsabilidade.

REFERÊNCIAS:

  1. SOUTO, Debora. Bebidas alcoólicas e diabetes. Sociedade Brasileira de Diabetes. Disponível: https://diabetes.org.br/bebida-alcoolica-e-diabetes/. Acesso em 13 de jun. de 2022.

Deixar um Comentário