Ansiedade: o que é, e como administra-la? – Diário do Diabetes
Bem Estar

Ansiedade: o que é, e como administra-la?

  A ansiedade trata-se de uma alteração muito forte de nervosismo e preocupação, sendo comum quando se tem diabetes, ela pode ter impacto direto no modo como é realizado o manejo do diabetes, podendo tornar o processo um pouco mais difícil.

A ansiedade pode englobar diferentes sintomas, sendo alguns deles:

  • Não conseguir relaxar;
  • Se preocupar demais com medos bobos/tolos;
  • Se sentir tenso;
  • Ter dificuldade de concentração;
  • Mau humor;
  • Impaciência;
  • Dificuldades ara dormir ou para permanecer dormindo;
  • Falta de ar sem causa aparente;
  • Problemas gastrointestinais (enjoo, gases, inchaço abdominal, mal-estar estomacal, diarreia ou prisão de ventre).

Vale ressaltar que, a ansiedade é comum em todos os indivíduos, porém, quando ela se apresenta em uma frequência e intensidade maior, é preciso que o acometido por esses sintomas passe por uma avaliação psicológica minuciosa, a fim de executar a gestão das emoções desencadeadas em caso de transtornos ansiosos.

As medidas para administrá-la são:

  • Participar de algum grupo social;
  • Retomar o contato com amizades antigas;
  • Ter uma vida mais ativa;
  • Ter uma boa noite de sono;
  • Realizar de 20 a 30 minutos de exercícios físicos na maioria dos dias da semana;
  • Realizar algum trabalho voluntário;
  • Não realizar autocobranças sobre o tratamento do diabetes;
  • Praticar a autocompaixão;
  • Buscar ajuda psicológica e/ou psiquiátrica.

REFERÊNCIAS:

  1. American Diabetes Association. Standards of Medical Care in diabetes 2020. Facilitating Behavior Change and Well-being to Improve Health Outcomes: Standards of Medical Care in Diabetes 2020. Diabetes Care 2020;43(Suppl. 1):S48–S65 | https://doi.org/10.2337/dc20-S005.

 

 

 

Deixar um Comentário