A importância do planejamento alimentar para diabéticos | Diário do Diabetes
Alimentação Saudável Dia a dia

A importância do planejamento alimentar para diabéticos

A alimentação saudável é o segredo para a longevidade e também para a saúde do corpo. Frutas, verduras e legumes são alimentos ricos em fibras e vitaminas e ajudam a evitar problemas de saúde e manter o corpo em equilíbrio. Uma alimentação livre de açúcares e gorduras previne a obesidade, doenças associadas e comorbidades, entre estas, o diabetes. Portadores de diabetes precisam ter atenção especial com a alimentação. Ter um planejamento alimentar é ideal para você, que possui diabetes, controlar o que consome no dia a dia.

 

Mas, você realmente sabe a importância do planejamento alimentar para um diabético? Neste post, vamos falar um pouco sobre o assunto. Você também saberá que, para fazer um planejamento eficiente, é preciso ter o acompanhamento de um nutricionista e conhecer as características e composição dos seus alimentos.

Então, quer aprender um pouco mais sobre alimentação saudável? Acompanhe com muita atenção este nosso artigo!

 

Por que é importante o acompanhamento do nutricionista no planejamento alimentar do diabético?

Se você tem diabetes, precisa ter muita atenção ao fazer seu planejamento alimentar por conta própria. Somente com ajuda profissional, como a de um nutricionista, você conseguirá preparar um cardápio balanceado, com todos os nutrientes que precisa, sem abusar dos alimentos controlados. Além disso, o nutricionista sabe exatamente quais os alimentos que você pode e deve ingerir, e aqueles que deve ter alguma restrição.

Quais as características dos nutrientes dos alimentos indicados para diabéticos?

Carboidratos
Os carboidratos são importantes fontes de energia e fundamentais para o organismo. A ingestão recomendada deste nutriente é de 50% a 60% do valor calórico total dos alimentos consumidos diariamente. O portador de diabetes deve (e necessita) consumir os carboidratos, mas precisa prestar atenção em suas escolhas. Devido à sua condição de saúde, seu organismo tem dificuldade em metabolizar a glicose proveniente desse macro nutriente e, portanto, deve optar por fontes de carboidratos de menor índice glicêmico, como aveia, arroz e farinhas integrais, maçã, ameixa.

Fibras
Além de colaborar para o bom funcionamento do intestino, as fibras fornecem calorias, minerais e vitaminas que atuam na prevenção de várias doenças. Alimentos de origem vegetal, como hortaliças, cereais integrais e frutas, principalmente as consumidas com cascas ou bagaços são ideais para o controle do diabetes.

Proteínas
Indispensáveis ao corpo humano, as proteínas contribuem como fonte calórica e fornecem aminoácidos. As encontradas nos peixes de águas profundas, como o salmão, são ideais para controlar o diabetes, pois melhoram o índice de glicose no sangue. Os nutrientes presentes nas proteínas também ajudam a construir células e tecidos.

Vitaminas
As vitaminas são importantes para o organismo, pois têm funções específicas e vitais nas células e nos tecidos do corpo humano. As frutas são fontes de vitaminas e importantes para o equilíbrio da saúde. O abacate, por exemplo, é ideal para o controle do diabetes, pois possui gorduras monoinsaturadas e poli-insaturadas, consideradas gorduras do bem e que melhoram diversas funções no organismo.

Minerais
Assim como as vitaminas, os minerais possuem vários nutrientes importantes para o organismo com funções antioxidantes, além da manutenção do sistema nervoso central. O recomendado é ingerir bastante água, leite desnatado, além de frutas e hortaliças ricas em minerais.

Gorduras
O consumo de gorduras saturadas deve ser evitado por quem é diabético. Esse tipo de gordura aumenta os níveis de glicemia, colesterol e triglicérides. Entretanto, as gorduras monoinsaturadas, encontradas no azeite de oliva, óleos de canola, amendoim ou girassol, e as gorduras poli-insaturadas, encontradas em peixes e oleoginosas, auxiliam na manutenção do colesterol bom e diminuem a taxa de triglicerídeos.


Como se alimentar de maneira saudável?

Prepare um prato colorido
Procure colocar um alimento de cada grupo nutricional em seu prato. Acrescente proteínas, carboidratos, legumes, verduras e até uma fruta. Prefira carnes magras. Lembre-se que quanto mais colorido for o seu prato, mais saudável ele será.

Aumente o consumo de fibras
Você pode acrescentar couve, brócolis, repolho, almeirão e alface ao seu prato do dia. O ideal é consumir diariamente de 3 a 5 porções de verduras no almoço e jantar.

Consuma frutas com moderação
Não exagere nas quantidades das frutas, pois elas possuem frutose, que apesar de ser um açúcar natural, é um carboidrato que eleva a glicemia. Portanto, o ideal é consumir 3 porções de frutas por dia e em horários variados. Prefira maçã, ameixa e laranja que possuem baixo índice glicêmico. Aqui você também deve ter atenção aos sucos, que podem conter várias porções. Você pode tomar 1 copo de suco de laranja com apenas 3 laranjas!

Viu como é importante fazer o planejamento alimentar? Agora que você já sabe, que tal procurar um nutricionista para auxiliá-lo? Pense nisso e cuide da sua saúde!

Quer continuar bem informado sobre o assunto? Baixe o nosso e-book e confira o Guia sobre alimentação saudável para pessoas com diabetes, onde reunimos muitas dicas para você manter uma rotina controlada, desde o planejamento das refeições, a ida ao supermercado e a escolha e preparo dos alimentos. Confira!

A alimentação saudável é um dos pilares do tratamento do diabetes!

Guia da Alimentação Saudável para pessoas com Diabetes

Deixar um Comentário