Alimentação Saudável Diabetes

Celebrando a Páscoa com Diabetes

A Páscoa é uma das datas mais comemoradas em todo o mundo, pois celebra a morte e a ressurreição de Cristo. Para celebrar essa festa, as famílias se reúnem para comemorar o renascimento. Presentar as pessoas com um ovo vem de uma tradição bem antiga dos cristãos que tinham por costume pintar os ovos, que naquele tempo eram de galinha. O ovo é um símbolo do início da vida e o ovo de chocolate surgiu com os franceses e se espalhou pelo mundo todo.

Mas, para quem tem diabetes, como fica a Páscoa? Pois eu digo que sua Páscoa pode ser muito gostosa se você seguir algumas dicas.

Pequenas quantidades de chocolate podem ser consumidas como parte de uma dieta saudável, sem efeitos prejudiciais no controle da glicose do sangue. Dê preferência para os ovos com maior teor de cacau e com menos açúcar que são aqueles mais escuros e não tão doces – quanto maior o nível de cacau, melhor para você. Os ovos diet são geralmente feitos com adoçantes à base de poliois, como maltitol, sorbitol, entre outros. Esse tipo de adoçante, se for consumido em grandes quantidades, pode causar certo desconforto abdominal ou mesmo efeito laxante.

O chocolate escuro e amargo, além de conter menos açúcar ajuda na saúde pois contém antioxidantes que combatem os radicais livres do nosso organismo.

Mas você sabe que cada pessoa com diabetes é diferente, por isso, você deve ter o cuidado de incluí-lo na sua contagem de carboidratos e não exagerar.

Se você tem crianças em casa com diabetes, misture os ovos diet e com mais cacau com outros presentinhos, assim a criança não vai ficar focada apenas no chocolate. Lembre-se que, mesmo os ovos diet, podem conter altos níveis de carboidratos e calorias, por isso preste atenção ao tamanho da porção.

Controlar de forma obsessiva a glicose depois de consumir chocolates não é uma ideia muito boa. O importante é não comer tudo de uma só vez. Divida o ovo em pequenos pedaços e consuma de forma fracionada, ao longo do domingo de Páscoa ou nos dias seguintes.

Se você tem filho diabético, lembre-se de não diferenciar a criança das outras, assim, procure escolher ovos do mesmo tamanho para todas as crianças. E informe os amigos e familiares para presentearem as pessoas ou criança com diabetes com o ovo mais adequado, como falei no começo.

Para as refeições no dia da Páscoa, comece com aperitivos como palitos de cenoura e aipo, tomate cereja, brócolis, couve-flor. Faça uma pasta de grão de bico (homus) para acompanhar. Dê preferência para pratos com carnes assadas com legumes de acompanhamento. Monte uma salada bonita com vários tipos de hortaliças. E fique longe das frutas em conserva no açúcar. Grãos integrais são uma ótima opção para complementar o menu, como um arroz integral com amêndoas em lascas e cheiro verde. A sobremesa pode ser um pedaço do ovo de Páscoa e, para brindar, você pode preparar um ponche com refrigerantes diet. Misture refrigerante de uva, guaraná e laranja, pique frutas como maçã, laranja e abacaxi em pedaços pequenos. Tudo ficará uma delícia e você não precisa se privar desses prazeres!

Viu como preparar uma refeição saborosa e saudável de Páscoa é mais fácil do que você imaginava?

Seja o que a Páscoa signifique para você e sua família, o importante é que você seja feliz! A comemoração precisa ocorrer de forma segura saudável, e suas refeições e guloseimas devem ser saboreadas sem culpa. Afinal de contas, uma vida saudável e equilibrada é aquela que desfrutamos sem que ela tenha um impacto negativo no controle do diabetes.

 

Colaboração Especial: Dra. Márcia Terra, Nutricionista e Secretária Geral da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição. www.sban.org.br

 

Deixar um Comentário